quarta-feira, 24 de junho de 2009

Quanto mais eu sei, menos eu entendo.

"Quem não cultiva raízes no coração, não sofre quando tem que arrancar as raízes de lá."

Agora me diz: Pra que cultivar se tem que arrancar?

3 comentários:

Jarbas disse...

Penso que quando as cultivamos não temos a intenção de arrancá-las mas aí chega o momento em que aquelas raízes já não nos servem mais, ou pensamos que não, e é aí que optamos por tirá-las... Mas, e se as raízes forem boas?! É melhor que fiquem, que frutifiquem e não saiam jamais!

Agora que entrei não quero mais sair, rs... teu blog está show demais! Contineu escrevendo.

Beijos, querida ;)

Agenor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Agenor disse...

Verdade! Pra que cultivar né? Mais as vezes as sementes caem e crescem sem mesmo termos a intenção que cresçam, muito menos arrancar... o legal é que tudo na vida é feito de desafios e mudanças, como dizem por aí, é "meter as caras" nem que no futuro você seja obrigado a arrancar tudo!
Cheiro...